ilustra_passado_futuro-04.jpg
CNA 70-04.png

​​NOSSO SISTEMA É 100.
JÁ SEMEANDO OS PRÓXIMOS 100.

 

Linha do Tempo

Logo CNA 70.png

CRIAÇÃO DA CONFEDERAÇÃO RURAL BRASILEIRA (CRB)

Criação da Confederação Rural Brasileira (CRB) com o objetivo de mobilizar e coordenar movimentos de produtores rurais em defesa da produção.

MARCHA PARA BRASÍLIA

Conhecida como o primeiro “caminhonaço” dos produtores rurais no País, com mais de 700 veículos, entre caminhões, tratores, colheitadeiras e automóveis, a manifestação é considerada uma das mais pacíficas e ordeiras da Capital Federal.

MOBILIZAÇÃO ACORDO RURAL

Mobilização liderada pela CNA reuniu, durante 15 dias, 15 mil produtores e mais de dois mil caminhões e tratores, na esplanada dos ministérios, em defesa da renegociação de dívidas do setor rural.  

CONFEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO BRASIL (CNA)

Ao completar 50 anos, a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) passa a se chamar Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), facilitando, assim, a identificação do país de origem nos eventos internacionais.

CREDENCIAMENTO DOS SINDICATOS DE PRODUTORES RURAIS PARA EMISSÃO DE DAP´s

Organização e coordenação do processo de credenciamento dos sindicatos rurais junto ao Programa Nacional de apoio à Agricultura Familiar (Pronaf) para a emissão e fornecimento da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), pré-requisito para a contratação de operações de financiamento de custeio e investimento, facilitando, assim, o acesso de pequenos produtores rurais às políticas públicas de obtenção de crédito.

PLANO HIDROVIÁRIO

Contribuições da CNA na elaboração do Plano Estratégico Hidroviário (PEH) do governo federal. Foram sinalizados os rios prioritários para o escoamento de produtos às intervenções necessárias. Atualmente, os rios Madeira, Tapajós, Tocantins, Tietê-Paraná e Paraguai transportam 49 milhões de toneladas de produtos agrícolas.

INSTITUTO CNA

O Instituto CNA foi criado entre outras atribuições, para desenvolver estudos,  pesquisas sociais e do agronegócio, tecnologias alternativas para a produção e promover divulgação de informações técnicas e científicas com foco no meio

rural brasileiro.

Instituto CNA

2009

2006

2006.jpg

PARTICIPAÇÃO NA RIO + 20

Depois de 20 anos da Cúpula do Clima, o setor agropecuário reafirmou os seus compromissos com o desenvolvimento sustentável. A RIO +20 contou com a participação ativa da CNA em que foram apresentados as ações e os projetos do agronegócio. Foi mostrado ao mundo o processo produtivo do agronegócio brasileiro, bem como o seu potencial de sustentabilidade. Encaminhou-se a proposta técnica para oferecer ao mundo a bem-sucedida experiência de conservação da vegetação à beira dos cursos d’água a título de preservação permanente.

PRÊMIO CNA AGRO BRASIL

Criação do prêmio para a CNA homenagear, anualmente, personalidades que se destacaram com ações relevantes ao desenvolvimento do setor agropecuário e do Brasil.

observatorio .png

2017

OBSERVATÓRIO DA CRIMINALIDADE NO CAMPO

A CNA criou o Observatório da Criminalidade com o objetivo de traçar um diagnóstico e propor ações para combater a violência que atinge as propriedades rurais. Em 2018 a CNA passou a ter assento no Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social.

CERTIFICAÇÃO DE CARNE BOVINA

Com o objetivo de garantir a produção de carne de qualidade atestada pelas associações de raça, o Instituto CNA criou a Plataforma de Qualidade CNA. 

PROGRAMA NOSSO AGRO

Para divulgar o trabalho dos produtores rurais e mostrar a importância da agropecuária para a sociedade brasileira, o Sistema CNA/Senar lançou o programa de TV Nosso Agro exibido aos sábados no canal Band. No seu lançamento, o programa tinha o nome Agro Forte, Brasil Forte. E era exibido pelo canal fechado TerraViva.

2017

carne bonificada.png

ALIANÇA AGROECONÔMICA DO CENTRO-OESTE

Formada pela CNA, ICNA, Famasul, Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária – Imea e Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás, a Aliança tem por objetivo produzir estudos, levantamentos e pesquisas sobre preços agropecuários, custo de produção e frete, monitoramento de safra –área, produção, plantio, comercialização, colheita e processamento, dados de rebanho, abate de animais e produção de carne e exportação, entre outros temas relacionados.

STF DECLARA CONSTITUCIONAL O CÓDIGO FLORESTAL

Após atuação da CNA, o Supremo Tribunal Federal declarou constitucional o Novo Código Florestal (Lei nº 12.651/12), o que garantiu previsibilidade e segurança jurídica aos produtores rurais.   

ENCONTRO COM PRESIDENCIÁVEIS

A CNA promoveu um debate com os candidatos à presidência da República em sua sede, em Brasília. Além de conhecer as propostas dos candidatos, a CNA apresentou as reivindicações do setor. Evento similar aconteceu também nos anos de 1989, 1994, 1998, 2002, 2006, 2010 e 2014 e 2018.

PLATAFORMA ID AGRO: REGISTRO OFICIAL DE TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS

O Instituto CNA, em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Sistema CNA/Senar, desenvolveu a plataforma que permite o registro oficial de máquinas sem custo para o produtor rural.

AÇÕES NA
PANDEMIA

O Sistema CNA/Senar não parou de trabalhar para atender ao produtor durante a pandemia. Entre as principais soluções: ampliação de cursos a distância; Whatsapp para solucionar problemas de produção e saúde; cartilhas online de prevenção ao coronavírus; Feira Segura; Plataforma de Comércio Eletrônico e lives sobre temas relevantes do agro.

1951

1951.jpeg
1964.jpeg

1964

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA AGRICULTURA (CNA)

A Confederação Rural Brasileira (CRB) passa a se chamar Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e a defender os interesses econômicos da agropecuária em todo o território nacional.

FRENTE AMPLA DA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA

Um marco na agropecuária brasileira, que reuniu em Brasília cerca de 30 mil produtores rurais de todo o País para protestar contra os pontos negativos do Plano Cruzado mais prejudiciais à categoria rural.

1995.jpeg

1995

1999

1999.jpeg
2001.jpeg

2001

2003

2003 lei.jpg
tratoraço.png

2005

MUDANÇA DE SEDE

Depois de 31 anos instalada no Palácio da Agricultura, em Brasília/DF, a CNA se mudou para a nova sede: Um prédio moderno e funcional localizado no SGAN, 601, Brasília/DF.

Projeto Biomas 2010.png

2010

PAZ NO CAMPO

Ato público liderado pela CNA reuniu dois mil produtores rurais, de diversas regiões do País, trajando roupas brancas, em manifestação na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para pedir paz no campo. Solicitaram o apoio do Congresso Nacional à aprovação do Plano Nacional de Combate às Invasões, encaminhado pela CNA ao Ministério da Justiça.

2012 floricultura.jpg

2012

CRIAÇÃO DA FACULDADE CNA

Com um projeto educacional diferenciado, a Faculdade CNA é destinada a suprir uma lacuna no processo de gestão do agronegócio brasileiro, com o objetivo prioritário de unir teoria à prática.

2013

Faculdade 2013.png
mesa de frutas.png

2016

MANIFESTAÇÃO PRÓ-IMPEACHMENT

Liderados pela CNA, 20 mil produtores rurais e lideranças do setor uniram-se aos movimentos sociais, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, em defesa do crescimento econômico do País e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

ACORDO DE PARIS

A CNA participou ativamente nas consultas e discussões das questões relacionadas à COP 21 de Paris, em especial por ser a atividade da produção de alimentos afetada diretamente pelas questões climáticas. Nesse ano, foi proposto o Acordo de Paris, que trata das medidas empreendidas por cada país num período pós Kyoto. O Brasil estabeleceu metas ambiciosas, as quais refletem nas atividades agropecuárias. A CNA atuou junto aos negociadores para garantir que a agropecuária fosse beneficiada com as ações empreendidas para o esforço de redução de emissões.

2016

premio agro brasil.png
Faculdade.png

2016

FACULDADE CNA

Formatura da primeira turma de alunos do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio da Faculdade CNA.

2017 Lei_LEI 13576.png

2017

2017

Nosso Agro.png
Milho.png

2017

VENDAS EM BALCÃO: MAIS PRODUTORES RURAIS NORDESTINOS PASSAM ACESSÁ-LO

A CNA atuou na reformulação dos critérios de enquadramento do Programa Venda em Balcão da CONAB, possibilitando que pequenos produtores com imóveis acima de 4 e até 10 módulos ficais acessassem os estoques públicos de milho.

PROJETO FORRAGEIRAS PARA O SEMIÁRIDO –
PECUÁRIA SUSTENTÁVEL

13 Unidades de Referência Tecnológica (URTs) representativas do semiárido brasileiro foram implantadas em todos os estados da região Nordeste, além do norte de Minas Gerais. O Projeto avalia o potencial produtivo e a adaptação das plantas forrageiras às condições climáticas do semiárido para recomendação de novas opções de fonte de alimento para os rebanhos.

2017

Forrageiras.png

2020

AGRID.png

INSTITUIÇÃO DE REFERÊNCIA DE MERCADO PARA A BORRACHA NATURAL

A CNA, em parceria com o Instituto de Economia Agrícola (IEA), criou o Índice de Preços de Referência para a Borracha Natural, que vem sendo utilizado, por meio das publicações mensais, como parâmetro de preço nas negociações do mercado interno.

1992 Aftosa.png

1992

IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DA FEBRE AFTOSA

Início do plano de erradicação da febre aftosa no Brasil com a publicação do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa. A construção do plano contou com o auxílio da CNA.

LEI Nº 9.138 AUTORIZA A SECURITIZAÇÃO DA DÍVIDA RURAL

Resultado da mobilização dos produtores rurais, em função do elevado nível de endividamento e inadimplência decorrente das condições macroeconômicas. A securitização da dívida agrícola consistiu em alongamento de prazo para o pagamento das dívidas dos produtores, com a interferência direta do Tesouro Nacional como garantidor das operações.

1995

1995 Lei_LEI 9138-14.png

1987

1987.jpeg

2012

2012 rio20.jpg

2001

2001 antidumping.jpg

PUBLICAÇÃO DOS DIREITOS ANTIDUMPING CONTRA O LEITE EM PÓ IMPORTADO

Foi publicada a Resolução Camex Nº 01, de 2 de fevereiro de 2001, fixando o direito antidumping às importações de leite em pó oriundo da Nova Zelândia e da União Europeia para o Brasil. A CNA foi peticionária no processo que resultou na aplicação de tarifas ao leite em pó importado dos respectivos países.

CRIAÇÃO DO COMITÊ CONSULTIVO DO CONSELHO INTERMINISTERIAL DO AÇÚCAR E DO ÁLCOOL

Apoio à criação do Comitê Consultivo do Conselho Interministerial do Açúcar e do Álcool (CIMA), que possibilitou ao setor produtivo discutir e propor ao governo políticas para o setor canavieiro.

2002.jpg

2002

QUEM PRODUZ O QUE NO CAMPO: QUANTO E ONDE

Primeiro estudo publicado pela CNA em parceria com a FGV utilizando como base os microdados do Censo Agropecuário 1995/96 do IBGE, que forneceu informações sobre o valor bruto da produção e área total, além de calcular valores médios, medianos e percentuais dos grupos enquadráveis e não enquadráveis no Pronaf das regiões brasileiras.

2004 quem-produz.jpg

2004

LEI 10.823 AUTORIZA A CONCESSÃO DE SUBVENÇÃO ECONÔMICA AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL

Com base na Lei, o Decreto nº 5.121/2004 cria o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), estabelecendo as diretrizes, beneficiários e competências dos colegiados ligados ao Programa. Com apoio da CNA, nasce um dos principais programas, o qual auxilia o produtor na gestão de riscos da atividade rural.

2005

Predio cna.png

​​TRATORAÇO

Organizados pela CNA, 15 mil produtores realizaram um "tratoraço", em Brasília para sensibilizar o poder público para uma das maiores crises vivenciadas pelo setor produtivo. 

2007 Construção do programa de identidade e qualidade da soja.jpg

2007

CONSTRUÇÃO DO PROGRAMA DE IDENTIDADE E QUALIDADE DA SOJA

A CNA, em conjunto com demais entidades do setor, participou da construção do Programa de Identidade e Qualidade (PIQ) da soja, instituído e publicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) – Instrução Normativa 11/2007.

2007

2007 imposto de renda.png

AÇÃO JUNTO AO PODER EXECUTIVO PARA AJUSTES NO IMPOSTO DE RENDA ATIVIDADE RURAL

A atuação da CNA viabilizou a elevação dos valores para fins de aplicação de alíquotas de incidência de imposto de renda na atividade rural (Lei nº 11.482).

ALTERAÇÃO NA LEI 10.925/2004

A CNA conseguiu incluir produtos lácteos, sêmen e embriões no rol de produtos com alíquota zero do PIS/PASEP da COFINS, reduzindo, desse modo, o custo tributário dos produtores rurais.

2007 alteracao lei.jpg

2007

PEDÁGIOS REDUZIDOS

A efetiva atuação da CNA possibilitou a adoção do modelo de menor tarifa nos leilões de concessões rodoviárias federais. O modelo híbrido, que considera o valor de maior outorga na sua metodologia, resultaria em pedágios 30% mais caros!

2007

2007 pedagios.jpg

PROJETO CAMPO FUTURO

Criação do projeto Campo Futuro com objetivo de levantar custos de produção de diferentes atividades agropecuárias. O propósito é aliar a capacitação do produtor à geração de informações estratégicas do setor rural, contribuindo para as tomadas de decisão no campo. Iniciou levantando custos de pecuária de corte, cana-de-açúcar, café, grãos e pecuária de leite.

Campo Futuro 2007.png

2007

RENOVAÇÃO DOS DIREITOS ANTIDUMPING

Foi publicada a Resolução Camex nº 04/2007, renovando a aplicação dos direitos antidumping às importações de leite em pó oriundo da Nova Zelândia e da União Europeia para o Brasil.

2007

2007 antidumping.jpg

REDUÇÃO DAS TARIFAS DE IMPORTAÇÃO DO FOSFATO BICÁLCICO

Devido aos altos preços dos suplementos minerais, a CNA apresentou proposta para incluir o fosfato bicálcico na lista de exceção à Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul, reduzindo essa alíquota de 10% para zero.

2008

2008 inflacao_INFLACAO 3.png

REDUÇÃO DAS TARIFAS DE IMPORTAÇÃO DE INSUMOS AGRÍCOLAS

Atendendo à solicitação da CNA e demais entidades do setor, foram reduzidas as tarifas de importação do glifosato de 35,8 para 2,9%, do nitrato de amônia – da Ucrânia, de 19% para 13%; da Rússia, de 32,1% para 13,3%.

2008 inflacao_INFLACAO 2.png

2008

POLÍTICA GERAL DE PREÇOS MÍNIMOS PARA CANA DO NORDESTE

Por sugestão da CNA, foi criado um grupo de trabalho no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), com a participação das principais lideranças do setor canavieiro para tratar da inclusão da cana-de-açúcar na Política Geral de Preços Mínimos (PGPM). Esse grupo auxiliou a construção de um modelo de subvenção emergencial para os produtores de cana do Nordeste.

2009

2009 politica geral.jpg
2009 celebracao de acordo.jpg

2009

CELEBRAÇÃO DE ACORDO DE COTAS E PREÇOS COM O SETOR LÁCTEO ARGENTINO

O acordo limitou a entrada de leite em pó da Argentina para o Brasil até 2018, garantindo previsibilidade e preços de mercado ao produto importado. 

SUBVENÇÃO A PRODUTORES INDEPENDENTES DE CANA

A CNA apoiou a elaboração de emendas à Medida Provisória 472/2009 para criar a subvenção destinada aos produtores independentes de cana-de-açúcar da região Nordeste. A MP foi aprovada e convertida na Lei nº 12.259, de 10 de junho de 2010.

2010

2010 subvencao.jpg

FUNDO DE CATÁSTROFE

Aprovação de projeto de lei, sancionado como Lei Complementar 137/2010, que criou o Fundo de Catástrofe para a agropecuária brasileira, que assegurava recursos para enfrentar problemas, como a seca. O pleito foi idealizado em 2005 pela CNA, que já havia mobilizado produtores no “tratoraço”.

2010 catastrofe.jpg

2010

LANÇAMENTO DO PROGRAMA ABC

A CNA participou da composição do Plano Setorial de Mitigação e de Adaptação às Mudanças Climáticas, por meio da formulação do Programa de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono. Esse programa promoveu o incentivo à recuperação de pastagens degradadas, fixação biológica de nitrogênio, sistema agroflorestal e plantio direto para o desenvolvimento de atividades de balanço positivo na emissão de carbono.

2010

2010 Plano ABC.jpg

CRIAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE APOIO AO MÉDIO PRODUTOR (PRONAMP)

Linha de crédito voltada especificamente ao desenvolvimento de médios produtores, por meio de condições mais favorecidas para o seu financiamento de custeio e investimento, demanda defendida pela CNA.

2010 pronamp.jpg

2010

QUEM PRODUZ O QUE NO CAMPO: QUANTO E ONDE II

Segundo estudo publicado pela CNA em parceria com a FGV, utilizando como base os microdados do Censo Agropecuário 2006 do IBGE. O documento atualizou e confirmou os resultados obtidos na 1º versão, de 2004.

2010

2010 plano hidroviario.jpg
Quem produz 2.png

2010

2010

2010 paz-01.png

PROJETO BIOMAS – PARCERIA CNA E EMBRAPA

O Projeto Biomas foi lançado em 2010 com o objetivo de viabilizar, aos produtores rurais, soluções para a conservação, a recuperação e o uso econômico e sustentável de áreas rurais nos seis biomas brasileiros (Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pampa, Amazônia e Pantanal). Foram mais de 10 anos de execução, 400 pesquisadores e técnicos mobilizados, 21 centros de pesquisa da Embrapa e cerca de 120 instituições envolvidas. O projeto deixou um legado de resultados, alinhando a conservação e a produção, bem como subsidiou as discussões para o aprimoramento e a aplicação do Código Florestal Brasileiro.

ANÁLISE DO CONSUMO DE FRUTAS E HORTALIÇAS

A CNA viabilizou a realização de uma pesquisa visando detectar o “porquê” do baixo consumo apontando, assim, a direção que a campanha deveria tomar. A pesquisa foi realizada e obteve os seus resultados divulgados no mês de agosto/2011.

2011

2011 Analise do consumo.png

NOVO CÓDIGO FLORESTAL

A CNA trabalhou arduamente, durante anos, por uma legislação ambiental que fosse adequada à realidade brasileira e que garantisse a produção sustentável de alimentos com a preservação ambiental, regularizando a situação dos produtores rurais e conferindo-lhes segurança jurídica, o que foi alcançado com a publicação da Lei nº 12.651, o Novo Código Florestal. A mobilização do setor, no momento da apreciação da matéria no Congresso Nacional, demonstrou a ampla adesão do agronegócio à Lei que concilia preservação com produção.

2012 Novo codigo florestal .jpg

2012

NOVA NR 31

Em 27 de outubro, foi publicada a Portaria nº 22.677, atribuindo nova redação à Norma Regulamentadora (NR) 31, que trata da segurança e  da saúde no trabalho na agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura. Fruto do árduo e persistente trabalho da CNA no âmbito da Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP), o novo texto traz, de maneira clara, desburocratizada, facilmente compreensível e exequível, todas as obrigações pertinentes ao trabalho rural, adequadas às características e especificidades do setor em prol da efetiva tutela do labor no campo.

Trator no campo.png

2020

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO TÉCNICA EM FLORICULTURA

Com o apoio do Senar, a CNA realizou em Holambra (SP) o primeiro curso de instrutores/multiplicadores em floricultura. Com o curso, houve um significativo aumento da capacidade de gestão e difusão de novas tecnologias na cadeia produtiva da floricultura visando à melhoria na produtividade, na qualidade de flores e, consequentemente, a otimização da competitividade.

CRIAÇÃO DO PROGRAMA PARA CONSTRUÇÃO E AMPLIAÇÃO DE ARMAZÉNS (PCA)

Linha de crédito com o objetivo de apoiar investimentos necessários à ampliação, modernização, reforma e construção de novos armazéns. Foram anunciados R$ 25 bilhões para aplicação no programa ao longo de cinco anos. A taxa de juros definida para a safra 2013/2014 foi de 3,5% ao ano e o prazo máximo para reembolso de até quinze anos, incluídos três anos de carência, atendendo, assim, plenamente ao pleito da CNA.

2013 pca.jpg

2013

2013

2013 Inovagro.jpg

CRIAÇÃO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA (INOVAGRO)

Linha de crédito construída em conjunto com a CNA, voltada ao apoio de investimentos necessários à incorporação de inovações tecnológicas nas propriedades rurais, visando ao aumento da produtividade, à adoção de boas práticas agropecuárias e de gestão da propriedade rural e à inserção competitiva dos produtores rurais nos diferentes mercados consumidores.

2013 Lei dos Portos.jpg

2013

LEI DOS PORTOS

A CNA foi fundamental na elaboração e aprovação da Lei nº 12.815/2013. Um verdadeiro marco para o setor portuário, que permitiu a instalação de 92 instalações portuárias (TUP, ETC e IP4) nas regiões atendidas pelo complexo portuário do Arco Norte. A movimentação, nesses portos, saltou de 10,1 milhões de toneladas para 42,3 milhões de toneladas.

CENTRO DE CONTROLE BIOLÓGICO DA MOSCA DAS FRUTAS

Com o objetivo de proteger as frutas temperadas da ação danosa da mosca das frutas, a CNA apresentou ao MAPA uma proposta de criação de um Centro de Controle Biológico de Anastrepha Farteculus. A ação resultou no estabelecimento de um projeto desenvolvido pela Embrapa e na alocação de recursos via emenda parlamentar para implantação da MOSCASUL nas instalações da Embrapa Uva e Vinho.

2013

2013 Centro de controle biológico da mosca das frutas.jpg
2013 renovacao.jpg

2013

RENOVAÇÃO DOS DIREITOS ANTIDUMPING

Foi publicada a Resolução Camex nº 02/2013, renovando, pela segunda e última vez, os direitos antidumping às importações de leite em pó oriundo da Nova Zelândia e da União Europeia.

AÇÕES PARA AMPLIAÇÃO DO SUPORTE FITOSSANITÁRIO

A CNA participou ativamente da construção da INC nº 1, de 16 de junho de 2014, que estabeleceu diretrizes e exigências voltadas ao registro de agrotóxicos, para as Culturas com Suporte Fitossanitário Insuficiente (CSFI), bem como o limite máximo de resíduos permitido.   

2014

2014 Fitossanitario.jpg
2014 Florestas plantadas.jpg

2014

POLÍTICA NACIONAL DE FLORESTAS PLANTADAS

A CNA apoiou e atuou na construção da Política Agrícola para Florestas Plantadas, regulamentada pelo Decreto nº 8.375/2014, com o intuito de organizar e buscar formas de regulamentar os instrumentos de política agrícola para o setor florestal.

COMPROMISSO COM A BIODIVERSIDADE

A CNA, como representante do setor agropecuário na Comissão Nacional de Biodiversidade (CONABIO), reafirmando o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável, participou da nacionalização das metas mundiais de biodiversidade, contribuindo amplamente para o reconhecimento das ações do setor, adequando os compromissos mundiais à realidade do Brasil. A Resolução CONABIO nº 6, de 2013, que trata das metas nacionais da biodiversidade até 2020, mostrou o devido reconhecimento do papel das propriedades rurais no alcance da preservação do patrimônio biológico do Brasil.

2014

2014 Biodiversidade.png

CRIAÇÃO DA COMISSÃO CONSULTIVA DOS AGENTES DO PROGRAMA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL, PRESIDIDA PELA CNA POR QUATRO ANOS

A Comissão contou com a participação de entidades representativas de todos os segmentos do mercado segurador de produtos rurais, e a sua atuação visava sugerir melhorias nas regras do PSR ao Comitê Gestor Interministerial do Seguro Rural (CGSR), visando à otimização do gasto público e à harmonia entre os agentes envolvidos no Programa.

2015 premio seguro rural .jpg

2015

ECLUSAS PARA NAVEGAÇÃO

A Lei nº 13.081/2015, que contou com a participação da CNA na elaboração do texto, tornou obrigatória a construção de eclusas em rios navegáveis ou potencialmente navegáveis. Importante marco regulatório para garantir a navegação nos Rios Tocantins, Teles Pires-Tapajós e Tietê-Paraná, por exemplo.

2015

2015 Paris .png
2015 registro.jpg

2015

REGISTRO DE TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS

A CNA defendeu a dispensa do emplacamento e licenciamento de tratores e máquinas agrícolas que culminou na Lei nº 13.154/2015. Assim, o requisito para trafegar em vias públicas passou a ser o registro único, regulamentado e administrado pelo Ministério da Agricultura. 

2015

2015 eclusas.jpg

​​MAIOR EXPOSIÇÃO DE FRUTAS DO MUNDO

Em homenagem ao Dia do Produtor Rural, a CNA promoveu uma ação que entrou para o Guinness Book:

a maior exposição de frutas do mundo, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

APOIO NA GESTÃO DA CRISE HÍDRICA NO VALE DO SÃO FRANCISCO

Visando minimizar os impactos causados pela crise hídrica no Vale do São Francisco, a CNA solicitou ao Ministério da Integração (MI) a aquisição de bombas flutuantes para bombear água do reservatório até as estações de bombeamento dos perímetros públicos de irrigação evitando a quebra da produção irrigada.

2015 sao francisco.jpg

2015

ELABORAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO GUIA DE SEGUROS RURAIS E PROAGRO PELA CNA

O Guia apresenta conceitos básicos, fundamentos e informações sobre o funcionamento de cada modalidade de seguro, com o propósito de ampliar o conhecimento de produtores rurais e demais agentes de interesse do setor agropecuário.

2016

2016 seguro rural.png

RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS DE CRÉDITO RURAL

Após décadas de negociação envolvendo o governo federal, o Congresso Nacional e a CNA, foi publicada a Lei nº 13.340/2016, autorizando a liquidação e a renegociação de dívidas relacionadas com operações de crédito rural. Trata-se de uma das mais importantes conquistas do Sistema CNA para as regiões Norte e Nordeste.

2016 credito rural.jpg

2016

LEI DOS CONTRATOS DE INTEGRAÇÃO (LEI Nº 13.288/16)

A CNA atuou como protagonista nas negociações, as quais duraram cinco anos, com as entidades representativas dos setores produtivo e industrial visando à elaboração de proposta única do texto. A partir dessa data, os contratos de integração agroindustrial passaram a ser regidos por norma específica dentro do ordenamento jurídico brasileiro.

2016

2016 Lei_LEI 13288.png
2016 Saber Hortifruti.png

2016

HORTIFRUTI SABER E SAÚDE - COMITÊ CIENTÍFICO DE FRUTAS E HORTALIÇAS SEGURAS

A CNA, em parceria com outras entidades do setor, criou o programa Hortifruti Saber e Saúde. O objetivo foi reunir especialistas para a difusão de informações científicas sobre o setor.

2016

2016 pescado.jpg

PESCADO NO REGIME DE ALERTA DE IMPORTAÇÃO

Após pedido da CNA, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento editou a Norma Interna com o objetivo de disciplinar os procedimentos de implantação do Regime de Alerta de Importação (RAI) para enquadramento de empresas estrangeiras, cujos produtos exportados para o Brasil tenham apresentado alguma não conformidade durante os procedimentos de fiscalização.

DIAGNÓSTICO DA FLORICULTURA BRASILEIRA

O estudo foi elaborado pela Makestrat Consultoria, sob a coordenação do professor Dr. Marcos Fava Neves. O trabalho mapeou a produção de flores no Brasil, apontando o impacto socioeconômico e a relevância que a cadeia produtiva da floricultura tem dentro do agronegócio brasileiro.

2016 floricultura.jpg

2016

2016

impeachment.png

CRIAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE BIOCOMBUSTÍVEIS - RENOVABIO

A CNA atuou para a promulgação da Lei nº 13.576/2017, que dispõe sobre a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio). O objetivo foi promover maior competitividade dos biocombustíveis no mercado e possibilitar o crescimento da produção e comercialização de etanol.

PRORROGAÇÃO DA ISENÇÃO DO ADICIONAL AO FRETE PARA RENOVAÇÃO DA MARINHA MERCANTE (AFRMM)

A manutenção da isenção do AFRMM assegura competitividade aos produtores rurais, uma vez que uma possível tributação eleva significativamente o custo de transporte.

2017 prorrogacao.jpg

2017

2017

2017 geracao.jpg

GERAÇÃO DE ENERGIA POR MEIO DE BIOMASSA FLORESTAL

Atuação da CNA, por meio do desenvolvimento de conjunto de ações com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), para inclusão da Biomassa Florestal de florestas plantadas no Plano Decenal de Expansão Energética (PDE). A energia de biomassa florestal foi componente dos leilões de energia, que ocorrerem em 2017 e 2018, tornando-se alternativas de comercialização e renda para os silvicultores.

PRORROGAÇÃO DO CONVÊNIO ICMS 100/1997

A CNA promoveu ações para assegurar a manutenção do Convênio ICMS 100/97, visando à manutenção dos benefícios tributários incidentes sobre os insumos agropecuários, garantindo, assim, que os custos de produção não se elevem.

CRIAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA FRUTICULTURA (PNDF)

A CNA participou diretamente da elaboração do Plano Nacional de Desenvolvimento da Fruticultura – PNDF, apontando temas prioritários e definindo ações específicas para cada tema de acordo com as demandas dos produtores.

2018

2018 criacao.png
2018 alianca novo.png

2018

​​FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

 A CNA montou um estande no Fórum Mundial da Água para compartilhar as experiências bem sucedidas e os posicionamentos do setor sobre o uso responsável da água na produção de alimentos.

2018

2018 FORUM.png
2018 Encontro Presidenciáveis.jpg

2018

2018

2018 stf Código florestal.jpg

APROVAÇÃO DA LEI 13.606

Estende o prazo para concessão de rebate para liquidação das operações de crédito rural contratadas até 31/12/2011, previstas na Lei nº 13.340/2016, até 27 de dezembro de 2018. Além disso, a Lei cria o programa de parcelamento de dívidas previdenciárias.

2018 aprovacao da lei.jpg

2018

PROGRAMA CADEC BRASIL

Com a publicação da Lei da Integração em 2016, a CNA montou uma estrutura de consultoria técnica e jurídica para atender gratuitamente aos suinocultores e avicultores no sentido de esclarecer a lei, conduzir encontros e reuniões, além de instruir sobre técnicas de negociação e gestão dos custos de produção.

2019

2019 cadec.png

PROGRAMA ALIMENTOS ARTESANAIS E TRADICIONAIS

O Programa Alimentos Artesanais e Tradicionais visa promover os alimentos produzidos de forma artesanal ou tradicional. O programa está dividido em cinco eixos temáticos: Regulamentação, Organização coletiva, Tributação e crédito, Comercialização e marketing e Capacitação e ATeG voltada à Agroindústria Artesanal.

PRÊMIO CNA BRASIL ARTESANAL

A iniciativa de organizar concursos de qualidade para os produtos alimentares artesanais nasceu do Programa Alimentos Artesanais e Tradicionais do Sistema CNA/Senar e teve sua 1ª edição voltada aos chocolates artesanais em 2019. No ano seguinte, a premiação inédita envolveu a charcutaria, na modalidade salames. Já, em 2021, foi realizada a 2ª edição do prêmio para os chocolates artesanais, observando-se o aumento de quase cinco vezes na inscrição e participação de produtores de chocolates das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste do país.

2019

2019 charcutaria-01.png
2019 greve caminhoneiro.jpg

2019

GREVE DOS CAMINHONEIROS

A CNA ingressou, no STF, com a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 5959, requerendo a declaração de inconstitucionalidade do tabelamento de preços mínimos obrigatórios do frete rodoviário de cargas.

LANÇAMENTO DO
PROJETO P.R.A.VALER

Com o objetivo de viabilizar a regularização ambiental e produtiva das propriedades rurais, o P.R.A VALER foi criado para promover a convergência entre os setores produtivo e ambiental e contribuir, com base nos resultados do projeto Biomas e de outras pesquisas, com os Programas de Regularização ambientais (PRAs) estaduais, disponibilizando um amplo cardápio de soluções tecnológicas, que permitirão ao produtor resolver os seus passivos ambientais com menor custo e, ainda, com possibilidade de retorno econômico.

2021

2021 Pra.png
agro fraterno.png

2021

AGRO
FRATERNO

Movimento liderado pelo Sistema CNA/Senar, pela Organização das Cooperativas do Brasil (OCB) e pelas entidades do Instituto Pensar Agropecuária (IPA), que se reuniram em uma corrente solidária para ajudar as famílias mais necessitadas atingidas pela pandemia.

LANÇAMENTO DA SEGUNDA
FASE DO PROJETO
FORRAGEIRAS PARA O SEMIÁRIDO

As espécies selecionadas na etapa inicial do projeto serão analisadas pela capacidade de suporte quando submetidas ao pastejo dos animais diariamente. 

2021

Forrageiras capa site.png

CAMPANHA DE COMBATE À VENDA CASADA NAS CONCESSÕES DE CRÉDITO RURAL

Mobilização das entidades representativas, do Ministério da Agricultura e do Ministério da Justiça para a penalização efetiva das instituições financeiras que praticam venda casada, que resultou na implementação da campanha “Nada além do que preciso”.

2019

2019 venda casada.jpeg
2019 green.jpg

2019

APROXIMAÇÃO DOS PRODUTORES RURAIS COM A AGENDA DE GREEN FINANCE

Apoio da CNA à definição da taxonomia de certificação de títulos de crédito sustentáveis em agricultura pela Climate Bonds Initiative (CBI) e publicação do documento “Destravando o potencial de investimentos verdes para a agricultura no Brasil”.

ADEQUAÇÕES E IMPLEMENTAÇÃO DA RASTREABILIDADE DE PRODUTOS VEGETAIS (INC 02/2018)

A CNA atuou junto ao MAPA no sentido de viabilizar a prorrogação do prazo para implementação da rastreabilidade ao longo da cadeia produtiva de produtos vegetais frescos destinados à alimentação humana, estabelecido na Instrução Normativa Interministerial nº 02/2018 do MAPA e Anvisa. A ampliação do prazo foi necessária para melhor adequação dos produtores às exigências da norma diante do número restrito de produtos registrados para algumas culturas.

2019

2019 rastreabilidade.jpeg

MONITORAMENTO DE MOSCA DAS FRUTAS

Frente às dificuldades de acesso à assistência técnica pública, a CNA, em parceria com o Sebratec, construiu a iniciativa de monitoramento e controle da mosca-das-frutas na região do vale do São Francisco. A parceria visa suprimir infestações dessa praga, que tem comprometido a produção e colocado em risco a exportação de frutas da região.

2019 Monitoramento da mosca das frutas.jpg

2019

PRORROGAÇÃO DO ANTIDUMPING DO ALHO CHINÊS 

A CNA forneceu informações para execução do estudo, que justificou a prática de dumping pela China no que se refere à produção de alho. Como resultado da demanda do setor, foi publicada, em 03 de outubro de 2019, a Portaria nº 4.593/2019 do Ministério da Economia, com a prorrogação do direito antidumping para um prazo de até cinco anos.

2019

2019 Prorrogação do antidumping do alho chinês.jpg

SUSPENSÃO DO ZONEAMENTO AGROECOLÓGICO DA CANA-DE-AÇÚCAR

A CNA atuou na revogação do Decreto nº 6.961/2009, que definia critérios para financiamento do setor sucroenergético com base no Zoneamento Agroecológico (ZAE) da cultura.  A partir de 2012, com a aprovação do Novo Código Florestal, o Brasil passou a ter uma legislação mais completa em relação às questões ambientais, que justificava a revogação.

2019 suspensao.jpg

2019

PRORROGAÇÃO DO CONVÊNIO ICMS 100/1997

Após atuação da CNA e das Federações de Agriculturas Estaduais, a vigência do convênio foi prorrogada por mais um ano. Essa atuação foi muito importante para evitar aumento de custos com insumos agropecuários em todo país e, sobretudo, repasse nos preços dos alimentos, o que ocasionaria aumento da inflação.

2019

2019 prorrogacao.jpg

CONSULTORIAS ESTADUAIS PARA EXPORTAÇÃO - BAHIA, MINAS GERAIS, SÃO PAULO, RIO GRANDE DO SUL E MATO GROSSO DO SUL

Em abril de 2020, foram iniciados os atendimentos nos estados com foco em prospecção e mapeamento de produtores rurais e cooperativas com potencial de direcionar sua produção para o comércio exterior, arregimentando-os em grupos estratégicos e preparando-os para o mercado internacional.

2020 pulses.jpg

2020

LANÇAMENTO DO PROGRAMA DE ESTRUTURAÇÃO DAS CADEIAS PRODUTIVAS DE PULSES

Com o propósito de promover os pulses, a CNA estruturou um programa em apoio ao setor. A primeira ação foi o lançamento de um site com as informações das principais espécies e variedades de pulses cultivadas no país.

2020

2020 borracha.jpeg

CRIAÇÃO DO ESCRITÓRIO EM XANGAI

A CNA implementou um escritório em Xangai (China)  para apoiar estrategicamente o produtor brasileiro no mercado asiático. 

2020 Lei Decreto 10.586_2020.png

2020

DIREITO DE SALVAR SEMENTES PARA USO PRÓPRIO

A CNA defendeu a preservação do direito dos produtores de salvar sementes durante a construção e análise em consulta pública do novo Decreto de Sementes e Mudas. A Confederação foi atendida e o direito de salvar sementes foi reafirmado no Decreto nº 10.586/2020.

2020

2020 Autorização paraquate.jpg
2020 lei do agro.jpg

2020

AUTORIZAÇÃO PARA USO DOS ESTOQUES DE PARAQUATE

Após a confirmação do banimento dos produtos à base de Paraquate, a CNA foi atendida na sua solicitação para uso dos estoques a partir desse ingrediente ativo na safra 2020/2021 (Resolução de Diretoria Colegiada 428/2020).

2020

2020 estruturacao.jpg

PUBLICAÇÃO DA LEI 13.986, A LEI DO AGRO

A CNA atuou na construção da Lei nº 13.986/2020, que melhora o ambiente regulatório para a concessão de crédito privado. Como resultado, as emissões de títulos do agronegócio ampliaram expressivamente e as instituições que atuam no Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR) passaram de cinco, em 2020, para doze, em 2021.

ESTRUTURAÇÃO DE UMA OPERAÇÃO-PILOTO DE CRA GARANTIDO PELO BNDES

A principal diferença dessa operação é que o BNDES garante uma parte do risco do investidor. Desse modo, a operação deixa de ter como fator de risco o produtor, assumindo o BNDES, então, o risco.

2020 br brasil.jpg

2020

2020

2020 Prorrogação do Convênio ICM 100 - Foto ração animal.jpg

PAVIMENTAÇÃO DA BR-163/MT/PA

Exemplo emblemático para representar as intervenções da CNA na melhoria da malha rodoviária no Brasil. A conclusão da BR-163/MT/PA possibilita, em 26%, a redução dos custos de transportes para produtores de grãos do Mato Grosso.

2020 china.png

2020

PRORROGAÇÃO DO CONVÊNIO ICMS 100/1997

Em 2020, duas iniciativas dos estados ocorreram no sentido de revogar os benefícios concedidos aos insumos agropecuários. A CNA atuou no início e no final do ano junto às respectivas Secretarias de Fazendas Estaduais e a vigência do convênio foi prorrogada por mais um ano, evitando, assim, que o custo de produção se elevasse em até 14,3%.

PLATAFORMA MULTISSOLUÇÕES EM CONECTIVIDADE RURAL

Desenvolvimento de plataforma de busca com o objetivo de auxiliar os produtores rurais a identificar provedores e planos para uso de ferramentas digitais em suas propriedades, independentemente de sua localização no território brasileiro. As soluções em conectividade rural disponíveis na Prover permitirão conectar pessoas e “coisas” (iot) no meio rural, atendendo demandas estratégicas das cadeias produtivas do Agro.

Conectividade.png

2021

2021

2021 lei de diretrizes.png

LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2022 INCLUI A SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL COMO DESPESA NÃO CONTINGENCIÁVEL

Mobilização dos parlamentares pela CNA viabilizou a sanção da LDO sem vetos à emenda que inclui as despesas com subvenção ao prêmio do seguro rural como despesa obrigatória.

PUBLICAÇÃO DA LEI Nº 14.130, A LEI DOS FIAGROS

A estruturação de fundos para o financiamento do agronegócio tem o potencial de ampliar significativamente a oferta de crédito para o agronegócio, pois permite ao investidor diversificar o seu risco. A CNA atuou na construção da lei e na articulação política para a derrubada dos vetos.

2021 Fiagro.png

2021

Alimentos artesanais 2019.png

2019

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO AGROBRAZIL

Criado em abril de 2017, o programa leva diplomatas e adidos agrícolas de embaixadas estrangeiras em Brasília para conhecer a realidade das propriedades rurais brasileiras, promovendo a imagem do campo para representantes de mercados estratégicos.

2017 intercambio .png

2017

2017

2017 Interagro.png

REDE INTERAGRO

CNA lança a Rede InterAgro – Rede Agropecuária de Comércio Exterior – é um projeto precursor ao Projeto AgroBR, com objetivo de estimular ações de promoção comercial e apoiar as Federações de Agricultura e Pecuária estaduais nos temas relacionados ao comércio internacional.

ALIANÇA AGROBRAZIL

A Aliança AgroBrazil foi lançada pela CNA em junho de 2018 para atuar nas discussões de acordos de livre comércio, negociações sanitárias e fitossanitárias e na defesa dos interesses do setor agropecuário brasileiro. É composta por 35 entidades ligadas ao setor agropecuário.

CONCLUSÃO DAS NEGOCIAÇÕES DO ACORDO MERCOSUL - UE

A CNA realizou diversas ações em apoio a conclusão das negociações do acordo MERCOSUL-EU, ajudando a identificar oportunidades para o setor agropecuário e construir consensos favoráveis ao acordo.

2020 merco-ue.png

2019

2019

2019 Logo agro_br.png

PROJETO AGRO.BR

Projeto que promove os produtos de pequenos e médios empresários rurais no comércio exterior, diversificando a pauta de exportações do agronegócio, através de capacitações, estudo de mercados, rodadas de negócios, participação em feiras e missões.

PRORROGAÇÃO DO CONVÊNIO ICMS 100/1997

Em 2021, alguns estados formaram um grupo de trabalho para debater alternativas viáveis para a revogação do Convênio ICMS, o que aumentaria, expressivamente, o custo de produção das atividades agropecuárias. A CNA trabalhou para que não houvesse a revogação. Por fim, a vigência do convênio foi prorrogada para 2025. Apenas para fertilizantes houve uma mudança gradual no sistema de tributação.

2021

2021 Prorrogação do Convênio ICM 100 - Foto trigo.jpg

CAMPANHA “FRUTAS E HORTALIÇAS – POR QUE COMER MAIS?”

A CNA promoveu, em parceria com a FAO no Brasil, ação de incentivo ao consumo de furtas e hortaliças. A iniciativa contou com a participação de profissionais que apresentaram informações acerca de segurança alimentar, segurança do alimento, análise das cadeias produtivas, rastreabilidade e certificação, benefícios e características nutricionais das frutas e hortaliças. A ação também contou com a construção de um mapa da produção de frutas e hortaliças no Brasil.

Frutas e hortalicas.png

2021

LANÇAMENTO DA NOVA MARCA CNA

Uma evolução do legado da CNA, a nova marca acompanha a mudança do agro brasileiro,  trazendo, em sua forma e cores, modernidade.

Simbolo Arado CNA RGB Preferencial.png

2019

2020

2020 consultoria.png

MEDIA CENTER

Criação do estúdio multimídia para produção de conteúdos relevantes para os produtores rurais e toda a sociedade brasileira. No média center são produzidos conteúdos como vídeos, entrevistas, podcasts, lives e eventos virtuais.

ABERTURA DE ESCRITÓRIO INTERNACIONAL EM SINGAPURA

Inauguração do escritório de negócios em Singapura, a iniciativa faz parte do Projeto Agro.BR de Internacionalização do setor agropecuário. Objetivo de aproximar as oportunidades comerciais na Ásia, região que mais cresce em consumo de alimentos, de pequenos e médios produtores rurais brasileiros.

2021

2021 bandeira Cingapura.png

COP 26

A CNA esteve presente em edições anteriores da COP e, na 26ª edição que aconteceu em 2021, participou das discussões com representantes presenciais na conferência, além de participar também no estande Brasil, montado em Brasília com transmissão ao vivo para Glagow, na Escócia.

Capa site.png

2021

2016

<